Articles Hierarchy

"Avô João Barata"

31 de Janeiro de 2010
Com luta e dedicação… assim se constrói uma vida. E foi assim que chegou até aqui. O meu avô…
Figura franzina, de bordão na mão e um chapéu gasto pelo tempo… Com muita calma a paciência reflectia em nós a sua maior serenidade. O seu gosto por tudo o que construiu e a que dedicou uma vida. Teimoso quando queria; de ideias fixas e irredutíveis; “pisco”, pois comer era preciso pouco; esquisito, porque não era qualquer coisa que lhe servia para refeição. Era assim o meu avô… é assim que todos nós o amamos… é assim que o recordaremos.
Tornou a sua vida doce como o mel, a sua luta tão grandiosa como a de uma simples abelhinha. Tal como todas elas construiu um património grandioso, objectos perfeitos como os favos de mel. Por entre cortiças e paus, era assim que construía tão minuciosamente tropeças, cortiços, caixinhas… uma infinidade de coisas que hoje são recordação.
As tartarugas, com a sua lentidão e paciência atingem metas infindáveis… também ele as atingiu durante 89 anos. Deixou apenas uma para todos os que o rodeavam alcançarem: cuidarem bem de tudo o que deixou e conjuntamente com isso serem felizes.
A lição de vida: “devagar se vai ao longe”!
Fico feliz por ter chegado até aqui, por ser um exemplo de vida para o qual devemos olhar. Não digo isto por ser meu avô, mas sim por ter sido um HOMEM como há poucos!


“Um grande abraço cheio de saudades para o meu avô!”

Comments

No Comments have been Posted.

Post Comment

Please Login to Post a Comment.

Ratings

Rating is available to Members only.

Please login or register to vote.

No Ratings have been Posted.
Render time: 0.03 seconds
1,085,667 unique visits